quarta-feira, 8 de outubro de 2014

um nenhum

"e precisamente quando nos julgamos inteiros, chega a vida de mansinho e parte-nos todos sem ponta de dó ou piedade. como quem não nos deixa cair em esquecimento que sem os nossos outros mil bocados, não chegamos a ser nenhum"

Sem comentários:

Enviar um comentário